segunda-feira, 12 de outubro de 2015

O poder do silêncio

Uma coisa que vocês ainda não sabem, é que eu adoro escrever algumas reflexões. Quando eu era menor até na adolescência eu escrevia quando ficava triste/brava/chateada, como nunca me senti segura para me expressar eu preferia escrever e ali eu podia ser eu mesma que ninguém ia tentar mudar minha ideia (ignorância ao extremo) e me criticar porque se isso acontecesse a situação pioraria muito mais.


Antes de mais nada quero deixar claro o que vou escrever nesses tipos de texto são minha experiência e não fatos comprovados cientificamente. Também não sou uma expert em português mas sempre brinco que tenho que escrever um livro um dia, enfim vamos ao que interessa.

Sempre quando eu ouvia falar "a fulana está em voto de silêncio" ficava imaginando o porquê e se realmente isso mudaria algo. Como tagarela que sou, impulsiva, ansiosa, sonhadora, eu realmente não me imaginaria em um estado de tranquilidade a ponto de fazer algo do tipo. Hoje tenho 24 anos sei que tenho muito o que aprender ainda mas sinto que aprendi muito com o silêncio, apesar que nunca fiz realmente um voto de silêncio. Tudo começou quando eu era pequena e minha mãe dizia "Jéssica conversa menos e ouve mais, você pode acabar em uma situação difícil por isso" como sempre a ignorância falava mais alto, infelizmente se você não ouve o mais experiente a vida te ensina dá pior forma.

Com o tempo fui vendo que ter a língua solta era um perigo até hoje é muito difícil só ouvir, o ponto que quero chegar é; quando você cala e fica só ouvindo, você observa aquela situação com calma e não age por impulso dá tempo de você analisar muito bem para depois reagir. Você aprende a respeitar a opinião do outro  sem estressar. Que o mundo é tão cheio de problemas pra você ser ou criar mais um.

O silêncio (meditação) me ajudou a acalmar minha mente para que eu pudesse conhecer o meu "eu interior", aprendi a respeitar mais, amar, ter controle sobre meus impulsos, o mais importante pra mim foi a ansiedade, saber lidar com a palavra esperar. O ser humano é capaz de fazer tudo, se nós quisermos tudo está ao nosso alcance basta ter calma e força de vontade. Aprendi que não vencemos sempre, as vezes você leva vários tombos até conseguir o que tanto quer mas isso te fará mais forte e nesses tombos sempre vai ter uma lição que te ajudará na sua jornada.


E como eu consegui falar menos e ouvi mais? Meu pai sempre fala, temos uma boca e dois ouvidos ou seja se fosse pra falar mais teríamos duas bocas e um ouvido. Como profissional da área da saúde eu sei que nada no nosso corpo está ali por um acaso. Toda vez que alguém vinha me perguntar algo sobre fulano eu pensava nessa frase e em toda consequência que minha resposta podia tornar tanto pra mim quanto para o próximo diante disso comecei a ler mais sobre meditação, sobre outras religiões conhecer o que cada uma podia me ajudar e o Budismo me ajudou bastante a tentar ser um ser melhor (Apesar que o texto em questão não é sobre religião mas antes que me perguntem eu sou Católica). Quando resolvi mudar eu toda noite abria a janela do quarto, fechava os olhos e me concentrava tentando enxergar como estava minha mente isso me ajudou muito e a respiração também.

Bom gente acho que empolguei muito kkk pretendo escrever essas reflexões constantemente, espero que eu possa ajudar alguém e que vocês gostem.

Beijos  

Um comentário:

  1. Olá Jéssica!!

    Adorei sua reflexão!!
    As vezes quando estou muito sobrecarregada escuto e canto uns mantras. :)

    Mas, em relação a escrita.. achei bacana!! Fiz um blog somente para escrever e tenho um outro somente de moda que criei desde 2007.

    Um beijo,

    www.purestyle.com.br

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita de vocês e se quiserem sigam no insta @jehrbennett. Os comentários serão respondidos aqui no blog.